terça-feira, 20 de setembro de 2016

Pastor é preso durante culto em Anchieta

pastorUm pastor de 28 anos foi preso na noite da última quinta-feira (15), durante um culto em uma igreja evangélica, no bairro Vila da Samarco, em Anchieta, no Sul do Estado. De acordo com informações da Polícia Militar, o homem estava com um mandado de prisão em aberto por roubo, cometido em Belém, no Pará.oi através de uma denúncia anônima, que o Grupo de Apoio Operacional (GAO) do município chegou até Elvis  Velnen Ferreira Tavares. De acordo com informações do boletim de ocorrência, na denúncia, o solicitante informou que existia um Pastor praticando charlatanismo em uma igreja, dizendo que fazia milagres e retirava objetos de dentro do corpo das pessoas.
Os militares chegaram até o local e viram que estava acontecendo um culto no momento e de fora, solicitaram a dois fiéis que estavam na frente da igreja e questionando o nome do pastor do Pará, que estaria pregando naquela noite. Foram informados então que era o Pastor Helves Silva e mandaram que lhe chamasse.Os policiais se aproximaram da igreja e notaram que o pastor era quem eles estavam procurando. Os PMs, realizaram a abordagem ao suspeito e ao indagarem sobre o seu verdadeiro nome, data de nascimento e local, constaram que ele estava com o mandado de prisão em aberto.
Expedido pela Justiça do Pará, desde 2014, pelo crime de roubo, Elvis recebeu ali mesmo na igreja, a voz de prisão e foi conduzido até a 5 Delegacia Regional de Guarapari. Durante o trajeto, o acusado alegou que era “do mundo” no passado e que realmente poderia ter uma dívida com a Justiça da sua Cidade.
O delegado de plantão, Alan Moreno de Andrade, disse que o acusado já chegou na delegacia se identificando com o nome completo e que estava ciente da sua pendência com a Justiça do Estado do Pará. “Ele quis detalhar qual crime cometeu lá no Pará. Já chegou aqui na delegacia dizendo que sabia da dívida dele e que só queria saber de pagar, para não dever mais nada”, disse o delegado.