terça-feira, 26 de setembro de 2017

Governo da Coreia do Norte acusa EUA de declararem guerra ao país

Resultado de imagem para coreia do norteO governo da Coreia do Norte acusou os Estados Unidos de declararem guerra ao país.
Depois de um domingo (24) agitado nas águas ao leste da península coreana, com bombardeiros e aviões americanos fazendo testes de demonstração de força, o ministro das Relações Exteriores da Coreia do Norte disse, nesta segunda-feira (25), que o país tem o direito de bombardear esses aviões, mesmo que eles não invadam o espaço aéreo norte-coreano.

É que, para os norte-coreanos, a guerra já começou e foi Donald Trump quem declarou pelas redes sociais. É que o governo norte-coreano interpretou uma postagem do presidente americano, no sábado (23), como uma ameaça de morte ao líder Kim Jong-un, o que daria ao país asiático o direito de responder.

Donald Trump escreveu que os norte-coreanos “não estariam aí por muito mais tempo”.
Ri Yong-ho disse que, depois disso, o mundo deve ter certeza que foram os Estados Unidos que declararam a guerra e ameaçou: “Vamos ver quem não vai estar aí por muito mais tempo”.
 
Na tribuna das Nações Unidas, na semana passada, Donald Trump chamou Kim Jong-un de “homem-foguete” e disse que ele estava em uma missão suicida. O presidente americano afirmou que poderia destruir completamente a Coreia do Norte.
Em uma rara declaração em primeira pessoa, o ditador norte-coreano respondeu dizendo que Trump é um velho caduco, mentalmente perturbado.

No sábado (23), na ONU, o ministro norte-coreano disse que, diante das ofensas de Trump, um ataque aos Estados Unidos é inevitável. A Casa Branca disse, nesta segunda (25), que não declarou guerra contra a Coreia do Norte e que as palavras do ministro norte-coreano são “absurdas”.